Região do Campo Grande é a que mais sofre com falta de farmacêuticos

Higor Diego Ralla 12 de novembro de 2013 0
Região do Campo Grande é a que mais sofre com falta de farmacêuticos

Na semana passada os moradores da região do Campo Grande em Campinas, sofreram com a falta de farmacêuticos nos postos de saúdes da região, mais a essa situação não foi atípica, pois  o problema vem desde o ano passado, quando o Conselho Federal de Farmácia (CFF) cobrou das prefeituras de todo o País o cumprimento do Decreto Federal 5.999, que estabelece que somente os farmacêuticos entreguem medicamentos a pacientes, seja em farmácias públicas ou privadas. Antes disso, era comum que a entrega dos remédios da rede pública fosse feita por enfermeiros ou técnicos de enfermagem dos postos de saúde.

O Centro de Saúde do Boa Esperança está fechado desde o ano passado, aguardando um profissional ser chamado do concurso publico já efetuado.

A Secretaria de Saúde de Campinas justificou a falta dos farmacêuticos nos postos de saúde, dizendo que, 4 profissionais ficaram sobe licença médica e outro do Itajaí se deslocou para ajudar no posto do Pq. Valença onde o volume é mais intenso.

O Vereador Pedro Tourinho (PT) utilizou a tribuna da câmara municipal de Campinas para falar do assunto, veja abaixo:

Deixe seu comentário »

Directory powered by Business Directory Plugin
Entre em contato
Sua mensagem foi enviada com sucesso!